Onde se Hospedar em Quito

Escolha onde se hospedar em Quito, capital do Equador, com as melhores informações sobre os bairros mais visitados da cidade.

Onde se Hospedar em Quito

Conheça os melhores bairros de Quito

A cidade de Quito possui diversas opções de hospedagem, agradando todos os gostos, e bolsos também.

Quito, foi a cidade do Equador onde a hospedagem nos saiu mais em conta, e também não deixou nada a desejar comparada às demais hospedagens que tivemos por todo o Equador.

Vamos indicar para vocês os 4 principais bairros por onde se hospedar em Quito.

  • O badalado bairro de Mariscal – onde se hospedam, a maioria dos turistas. Uma região repleta de bares, e hostels para viajantes. É tanto turista, que o bairro de Mariscal é conhecido como a gringolândia de Quito.
  • Região do Centro Histórico – sendo uma das primeiras regiões declaradas como patrimônio da humanidade pela UNESCO, apresentando uma arquitetura colonial espanhola bem preservada.
  • Bairro La Floresta – menos conhecido pelos turistas, o bairro fica distante apenas 15 minutos andando do bairro de Mariscal, e para nós, acabou sendo uma das grandes descoberta na cidade. É um bairro com uma vida cultural bem ativa, muita ocupação artística, e grafites espalhados pela paredes.
  • Bairro de Guápulo – um bairro que mantém a arquitetura de casas coloniais espanholas, com ruas cobertas por pedras, e diversos bares espalhados pelo morro onde bairro está situado. Um lugar muito artístico e boêmio.
Centro histórico de Quito
Bairro de Guápulo em Quito
Bairro de Guápulo em Quito
Masaya Hostel de Quito
Masaya Hostel de Quito (fonte: masayahostel.com)
Bairro de La Floresta - Quito Street Tour
Bairro de La Floresta – Quito Street Tour

Bairro de Mariscal

Conhecido como a Gringolândia de Quito

É o bairro onde a noite ganha vida, com diversos bares e baladas na região.

Foi aqui que nos hospedamos por cerca de 4 noites. Mesmo não aproveitando a vida noturna, o bairro nos agradou, por conta de sua localização, e facilidades de comércios por perto.

Vantagens

  • Ótima localização para se locomover pela cidade, com diversas linhas de ônibus ligando tanto ao aeroporto quanto aos terminais de ônibus.
  • Se você curte a vida noturna, e quer ver mochileiros por todos os lados, esse é o lugar certo. Quase todos os dias vimos muito movimento a noite. Diversos bares, baladas e restaurantes funcionam por todo lado.
  • Diversas tiendas (mercadinhos) ficam abertos até tarde, e vendem de tudo que você precisa. Os preços saem bem em conta.
  • Mesmo sendo um bairro com uma vida noturna movimentada, as ruas não ficam barulhentas deixando seu sono super tranquilo.

Desvantagens

  • Segurança. Nem pense em tirar sua câmera da mochila, e mesmo sendo um bairro super badalado, se você for voltar para o hostel após as 22h é recomendável pegar um táxi, principalmente se você estiver sozinho.
  • É tanto viajante, mochileiro, gringo… que você chega a esquecer que está no Equador hahaha.

Quanto custa

Em Mariscal, a relação custo-benefício é muito boa. Você encontra hospedagens à partir de $6 por pessoa para dormir em quarto compartilhado.

No nosso caso, nos hospedamos no hostel Blue House Youth. Pagamos $6 dólares a noite por pessoa, para dormir no quarto compartilhado para 6 pessoas.

Passamos 4 noites por aqui, e fomos muito bem tratados.

Blue Youh Hostel no bairro de Mariscal em Quito
Blue Youh Hostel no bairro de Mariscal em Quito
Quarto do blue youth hoste
Quarto do blue youth hostel
Bairro de Mariscal em Quito
Bairro de Mariscal em Quito

Bairro Centro Histórico de Quito

Viaje no tempo em um dos primeiros patrimônios da humanidade da UNESCO

O bairro foi um dos primeiros lugares da América do Sul, declarado pela UNESCO como patrimônio da humanidade.

O centro histórico de Quito, conserva as construções da época colonial espanhola, com construções e igrejas muito bem conservadas.

Vantagens

  • Sua localização permite conhecer a maioria dos pontos turísticos relacionados à história de Quito. E
  • Possui diversas tiendas (pequenos mercadinhos) e restaurantes espalhados pelas ruas.
  • As ruas a noite não são barulhentas e você vai dormir bem tranquilo tranquilo.

Desvantagens

  • Segurança. Nem pense em tirar sua câmera da mochila, e mesmo sendo um bairro super badalado, se você for voltar para o hostel após as 22h é recomendável pegar um táxi, principalmente se você estiver sozinho.

Custo-benefício

Por aqui os hostels custam a partir de $6 sem incluir o café da manhã também, que normalmente custam entre $2 e $3. Um ótimo custo benefício.

Em 2014 fiz uma viagem pelo Equador e me hospedei no Community Hostel, onde também me senti muito a vontade, e é um lugar que eu recomendo a hospedagem.

Catedral gótica, ponto turístico do centro histórico de Quito
Catedral gótica, ponto turístico do centro histórico de Quito
Community Hostel, no centro histórico de Quito
Community Hostel, no centro histórico de Quito
Quarto do community hostel, no centro histórico de Quito
Quarto do community hostel, no centro histórico de Quito

Bairro de La Floresta

O bairro mais alternativo da cidade de Quito

Em nosso terceiro dia de viagem, resolvemos fazer um walking tour para conhecer melhor a cidade, e as histórias de Quito.

Por um acaso, em nosso hostel encontramos um folder escrito “Quito Street Tour. Walking Tour em Quito para pessoas que adoram aventuras culturais e de alta qualidade”.

Entramos no site, e ficamos bem interessados no estilo de turismo que eles ofereciam, e logo fizemos a reserva para no outro dia fazer o Walking Tour pelo Bairro de La Floresta.

Para nós que costumávamos morar em São Paulo, achamos o bairro muito parecido com a nossa querida Vila Madalena.

Com muita arte urbana, diversos grafites espalhados pelos muros, e por cada canto que você olhar, vai se deparar com um espaço ocupado pela arte independente.

Gostamos tanto do tour e do bairro, que poucos dias depois resolvemos nos hospedar no bairro.

Vantagens

  • Um bairro diferente de tudo que falam para você visitar na cidade de Quito. Nada de muito histórico, ou muito badalado. Aqui você vai encontrar muita muita arte urbana, mercados orgânicos, cafés e bares que mostram uma cena mais artística dos equatorianos.
  • por ser um bairro menos badalado, você não vai encontrar ruas cheias, e vai conseguir andar mais tranquilo
    em comparação aos bairros de Mariscal e a região do Centro Histórico.
  • fica pertinho do Mirante de Guápulo que proporciona uma vista incrível de Quito.

Desvantagens

  • os restaurantes acabam sendo um pouco mais caros.
  • as estações de ônibus são um pouco mais distantes (cerca de 15 minutos caminhando), e pra chegar aqui você vai encarar uma subidinha de leve.
  • não existem tantos mercadinhos aqui por perto

Custo-benefício

Passamos 3 noites hospedados no hostel El Hostelito, que oferecia duas opções de hospedagem:

  • Quarto compartilhado com camas de casais (isso mesmo vários casais no mesmo quarto), saindo $18 por casal
  • Quarto compartilhado com camas individuais, custando $11 por pessoa.

Apesar do custo ser maior, o hostel oferece um grande estrutura, com jardins, ótima qualidade de wifi, muitas áreas comuns.

Walking Tour Quito - Bairro de La Floresta - Quito Street Tour
Walking Tour Quito – Bairro de La Floresta – Quito Street Tour
Vista do Mirante de Guápulo
Vista do Mirante de Guápulo
Ruas artísticas do bairro de La Floresta
Ruas artísticas do bairro de La Floresta
Tranquilidade do bairro de La Floresta
Tranquilidade do bairro de La Floresta
Entrada do Hostel El Hostelito (fonte: hostelito.com)
Entrada do Hostel El Hostelito (fonte: hostelito.com)
Quarta compartilhado para casal no El Hostelito (fonte: elhostelito.com)
Quarta compartilhado para casal no El Hostelito (fonte: elhostelito.com)

Bairro de Guápulo

Vivencie de perto a cultura local de festa de Quito

Como falamos acima, fizemos 2 walking tour com o pessoal do Quito Street Tour, e o segundo foi um walking tour pelo bairro de Guápulo.

Guápulo também é um bairro histórico, com uma arquitetura espanhola muito bem preservada (inclusive é aqui que está a embaixada da Espanha).

São ruas formadas por pedras, e casas bem branquinhas. Quando anoitece, as ruas são iluminadas por uma luz amarelo, que dá um clima nostálgico ao bairro.

Além da beleza do bairro, por aqui você encontra diversos bares e um clima artístico muito mais local que qualquer outro lugar da cidade.

Não nos hospedamos por aqui, mas em uma noite saímos para tomar um canelazo (bebida típica dos andes equatorianos) e descobrimos que anos atrás nesse mesmo bar, Manu Chao fez uma apresentação.

Vantanges

  • Vivenciar de perto a cena artística mais de Quito, tomando um canelazo e comendo um delicioso ceviche na madrugada
  • Se perder pelas históricas ruas do bairro.

Desvantagens

  • a principal desvantagem aqui é sua localização, além de ser longe das estações de ônibus, o bairro é formado por ruas com grandes declives, forçando seu joelho na hora da descida, e na subida então… nem se fala hahah

Custo-benefício

Principalmente por conta de sua difícil localização, não nos hospedamos por aqui, apenas passeamos pelo bairro. Os hostels por aqui custam em média $13, e se você se hospedar por aqui nos conte como foi a experiência 😀

Foto do Manu Chao no bar que visitamos
Foto do Manu Chao no bar que visitamos
Walking tour por Guápulo
Walking tour por Guápulo
Walking Tour em Guápulo, Quito
Walking Tour em Guápulo, Quito

Hostels e Pousadas no bairro Panecillo

Um hostel luxoso!

O bairro de Panecillo fica distante há uns 5km do centro, e não possui nenhum atrativo turístico por perto. Em compensação as hospedagens por aqui, oferecem um conforto como em poucos lugares.

Destacamos o Hostel Masaya (uma grande rede de hostels espalhados pela América do Sul), que oferece uma hospedagem dos sonhos para os viajantes.

Vantagens

  • a qualidade das hospedagens aqui são muito boas, te fazendo sentir fora do clima de cidade grande.
  • não nos hospedamos por aqui, porém lemos ótimos reviews sobre a facilidade de acesso daqui para outras estações de ônibus.

Desvantagens

  • Se você está atrás de festa e uma vida noturna agitada, por aqui você não vai encontrar nada disso. Mas nada que impeça de passar a noite em Mariscal, La Ronda ou La Floresta e depois pegar um táxi para voltar para cá.

Custo-benefício

Os preços, por exemplo, do Masaya Hostel começam em $10, então se você quer um pouco mais de conforto acreditamos que pagar um pouquinho a mais pode compensar bastante pelo que o hostel oferece 😀

Masaya Hostel de Quito (fonte: http://www.masaya-experience.com/en/hostel-quito)
Masaya Hostel de Quito (fonte: http://www.masaya-experience.com/en/hostel-quito)
Paulistano de 28 anos, que ainda mora em São Paulo, e idealizador da empresa Prana Criativa. Alguém que só percebeu o tamanho do mundo quando colocou pela primeira vez a mochila nas costas, e a partir de então passou a enxergar o mundo em uma outra perspectiva. Uma perspectiva menos “de eu” e mais “de todos”. Uma pessoa que vive em uma utopia de crer que o mundo pode ser um lugar diferente.

Quer deixar um comentário?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *